Videos

[videos][stack]
Imagens de tema por mammuth. Tecnologia do Blogger.

Ferrorama da Estrela

Ferrorama da Estrela
Ferrorama é um trenzinho elétrico criado em 1973, mas que fez muito sucesso nos Anos 80. O brinquedo consiste em uma ferrovia com uma locomotiva a vapor (ou elétrica), e vários vagões acoplados, como vagão de carvão, de carga, de combustível, de passageiros. As locomotivas são movidas com duas pilhas.

O brinquedo já vendeu mais de 2 milhões de exemplares e encanta a criançada que adora brincar de maquinista e soltar a imaginação por seus trilhos.

Quando foi lançado, o Ferrorama tinha a concorrência do Santa Fé da ATMA e o Hit da Trol, mas o Ferrorama inovou sendo o primeiro trem elétrico automático movido a pilha vendido no Brasil.

Santa Fé da ATMA
Santa Fé da ATMA
Hit da Trol

No começo, tinha três modelos diferentes do brinquedo com pistas pequena, média e grande, todas com um cenário para montar. 

“Depois de algum tempo, a Estrela lançou mais algumas outras versões devido ao grande sucesso


Primeira Geração (XP100 ao XP600)


XP100

Lançado em 1973. O mais simples, consistia em uma locomotiva a vapor, um tender e vagão de carga. Os trilhos formavam um oval e tinha 2 postes e um sinaleiro sem escada, além de um comando de alavancas (presente em todos os modelos).

XP100

XP100


XP200

Lançado em 1980, era maior que seu antecessor, tinha mais trilhos além de desvio curto. Possuía 3 postes além de um comando manual de marcha a ré. Tinha como novidade o vagão tanque. No lugar do sinaleiro sem escada, ele ja vinha com o sinaleiro com escada.

XP200

XP300

Lançado também em 1980, não era muito diferente do XP200, porém vinham mais trilhos e formava uma roda, além de 5 postes,1 comando manual de marcha a ré e os 2 sinaleiros (com escada e sem escada).

XP300

XP400

Bastante popular e vendido, trouxe como novidade o vagão de passageiros. Possuía a mesma estrutura dos anteriores (sistema oval), mas com a rampa e a cancela. Tem 4 sinaleiros (2 com escada e 2 sem escada).

XP400


XP500

Trouxe como novidade a locomotiva elétrica japonesa ED75. Possui circuito diferenciado.

XP500


XP600

No mesmo padrão do anterior, porém a locomotiva vinha com faróis. O circuito é diferente do XP500, um pouco menor que o antecessor.

XP600


Segunda geração (XP1100 a XP1500)


A segunda geração do brinquedo veio em 1984. Em todos os conjuntos desta série as locomotivas possuem faróis e sons de trens reais.

Nos modelos XP1100, XP1200, XP1300 e XP1500 os circuitos eram os mesmos da série anterior.

O Circuito do XP1400 é diferente do XP400.

XP1100




XP1200




XP1300




XP1400




XP1500






Terceira geração (SL2000 a SL5000)


A terceira geração dos ferroramas surgiu em 1987 com o modelo SL2000.

SL2000

Diferentemente da série anterior (em que os menores ferroramas eram cargueiros), o SL2000 trazia o circuito do XP200/XP1200, mas um trem de passageiros no lugar de um cargueiro. As cores dos trens também foram alteradas.

SL2000


SL3000

As mudanças no circuito foi a maior novidade nesse modelo. O trem era o mesmo do XP300 e XP1300 porem com outras cores, mas o circuito era bem diferente. Possui 2 desvios ( um longo a direita e um duplo a esquerda)

SL3000


SL4000

Esse modelo traz bastante curiosidade em relação aos antecessores (XP400 e XP1400) Ao contrario com a versao SL2000, esse seguiu o caminho inverso ao ser o primeiro ferrorama grande cargueiro. O XP400 e XP1400 sao passageiros. Possui uma pista ao estilo sistema em 8 (nao é um ferrorama oval) mas com uma ponte maior e 2 trilhos passando embaixo (no XP1400 passa apenas um). Ao contrario do XP400/XP1400, possui uma locomotiva elétrica no lugar da locomotiva a vapor, e um vagão com containers, a grande novidade do modelo, no lugar do vagão de passageiros. Possui 2 desvios, um longo a direita e um duplo a esquerda.

SL4000


SL5000

Esse modelo fecha a terceira geração dos ferroramas clássicos. É o maior ferrorama ja fabricado pela estrela, e também o mais procurados pelos fãs do brinquedo. Seu traçado é um oval duplo intercalado. Possui 2 trens, sendo um de passageiros e um cargueiro. Alem da rampa possui a ponte (a mesma do XP500, XP600 e XP1500) na cor cinza. Possui um desvio longo a esquerda, (nos ferroramas mais antigos apenas o XP300 e XP1300 possuem esse desvio. O vagão de passageiros possui cores diferentes do modelo SL2000.

SL5000


Segredo do Sucesso do Ferrorama


Inspirado em trens de verdade, o Ferrorama agradava a garotas e principalmente garotos.

“Os meninos adoram brinquedos ligados a transporte. Carrinhos, trens, aviões, motos e helicópteros exercem enorme fascínio sobre eles. Mesmo com toda a tecnologia que vem sendo agregada aos brinquedos desde a época dos carrinhos de madeira, o tema ‘veículos’ continua encantando as crianças”, explica Aires Leal Fernandes, diretor de Marketing da Estrela.

O grande sucesso do Ferrorama era a facilidade de montar e desmontar as pistas e seus acessórios, sem contar com a locomotiva que recebeu faróis e tinha som de maria-fumaça. Os conjuntos tinham casinhas, postes, sinaleiros, cancela, pontes, rampas e outros acessórios.

A Volta do Ferrorama


O Ferrorama deixou de ser fabricado em 1997, mas voltou a ser produzido em 2010 graças aos pedidos dos fãs, a ideia surgiu diante de uma comunidade no Orkut criada em 2005 com cerca de três mil aficionados pelo brinquedo que vivem enviando e-mails e correspondências à marca para retomar a produção do Ferrorama.

A Estrela propôs um desafio que era o o seguinte: a Estrela prometeu relançar o Ferrorama se os fãs do trenzinho cumprissem a tarefa de percorrer os 20 quilômetros finais do Caminho de Santiago de Compostela, na Espanha, usando 110 metros de trilhos. O desafio foi cumprido.

Durante a jornada, tudo foi narrado pelo twitter, facebook e orkut, além de vídeos no YouTube e fotos no Flickr, além de um hotsite para centralizar o conteúdo. Eles tinham que substituir as peças do fim e colocar na frente do trilho para que o Ferrorama não parasse. E, mesmo com sol, chuva, vento e outras adversidades, o fãs provaram sua fé e o Ferrorama voltou as lojas em Agosto de 2010.

A qualidade do novo Ferrorama decepcionou muita gente. A principal reclamação é que a Estrela importou um trenzinho qualquer da China e colocou o nome de Ferrorama nele. A comunidade do Orkut que fez campanha para que o trenzinho retornasse às lojas ficou cheio de reclamações.


Ferrorama Estrela XP100 relançado
Ferrorama Estrela XP100 relançado

Comercial do novo Ferrorama XP100 relançado




O último foi lançado em 2015, a Estrela também relançou a versão XP300. Essa versão é acompanhada por 5 postes, 2 sinaleiros, 1 conjunto de desengate dos vagões e 1 comando de alavanca. Não foi divulgado, mas vc pode encontra-lo no site oficial da Estrela.

Ferrorama Estrela XP300 relançado
Ferrorama Estrela XP300 relançado

Comercial dos Anos 80



Junior Solid




Nenhum comentário: